domingo, 10 de dezembro de 2017

Denunciar violência é desafio para mulheres com deficiência


Por Robson Pires


O caminho para a denúncia de uma violência é doloroso para as mulheres. Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Pessoa com a Deficiência, o alerta é que a este tipo de situação é ainda mais delicada quando a violência envolve uma mulher com deficiência.
“Chega a ser quase uma catarse. Mostrar sua vulnerabilidade frente aos outros é tão doloroso quanto a agressão sofrida”, afirma a servidora pública Márcia Gori, que preside a organização não governamental Essas Mulheres, sediada em São José do Rio Preto (SP) e que atende mulheres com deficiência.

0 comentários: