sábado, 2 de setembro de 2017

Quem bancou o filme da Lava Jato


Os produtores de “Polícia Federal – A Lei é Para Todos” vão enfrentar questionamentos na Justiça sobre o mistério que cerca os patrocinadores do filme. O Sindicato dos Advogados de SP entrará com ação exigindo a apresentação dos nomes.
“Essa questão está obscura e nossos associados, que defendem réus da Lava Jato, estão preocupados porque as pessoas são apresentadas como culpadas antes mesmo do julgamento final de seus processos. Será que os patrocinadores são de empresas que prestam serviços públicos? Há algum interesse eleitoral nesse filme?”, questiona Aldimar de Assis, presidente do sindicato.
Os produtores mantêm a decisão de não revelar quem financiou o filme, que custou R$ 16 milhões. Dizem apenas que os patrocínios vieram de pessoas físicas e não de empresas. E que elas não respondem a processo por corrupção.


Robson Pires

0 comentários: