terça-feira, 8 de agosto de 2017

Instituições discutem desenvolvimento sustentável no semiárido

DSC_0844.Agência_Sebrae-750x499As ações e projetos desenvolvidos para minimizar e combater as adversidades do seminárido brasileiro, como a estiagem prolongada e o avanço da desertificação foram apresentadas e discutidas em uma reunião de entidades que apoiam e desenvolvem um trabalho voltado para a agropecuária da região Nordeste e no Tocantins, durante o evento Agropec Semiárido 2017, encerrado nesta terça-feira (8), no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

Promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) e Sebrae, os eventos reuniram em dois dias mais de dois mil produtores rurais do semiárido nordestino e alguns dos mais importantes especialistas e pesquisadores do setor agropecuário.

O destaque maior foi para o projeto Sertão Empreendedor, executado no Rio Grande do Norte pelo Sebrae e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que tem como principal objetivo promover a competitividade e sustentabilidade dos empreendimentos rurais no seminárido. Para tanto, são desenvolvidas ações voltadas à inovação e ao empreendedorismo.

Robson Pires

0 comentários: