sábado, 8 de julho de 2017

Preso do semiaberto é perseguido e morto a tiros na Grande Natal

Três homens foram mortos a tiros em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, entre a madrugada e a manhã deste sábado (8). 
 
O último caso aconteceu por volta das 7h no bairro Santo Antonio. A vítima foi Cinaldo da Costa Dias, de 39 anos, que andava com uma tornozeleira eletrônica usada pela Secretaria de Justiça e Cidadania para monitorar os apenados do sistema semiaberto. 

Segundo familiares, ele foi condenado por assalto e estava no regime semiaberto desde 31 de outubro de 2016. Trabalhava como servente de pedreiro, desde então. 

Cinaldo andava a cavalo durante a manhã, conduzindo o gado da família, quando foi perseguido por dois homens em uma motocicleta. Ele tentou fugir, mas foi atingido no ombro e nas costas por dois tiros, ainda em cima do animal. 

Ele ainda tentou abandonar o cavalo e correr, mas caiu na calçada na rua Rondônia. Os criminosos, então, atiraram contra ele mais duas vezes, na cabeça. Familiares não souberam informar as possíveis razões do crime.

Mais cedo, durante a madrugada, dois homens foram mortos na comunidade Serrinha de Cima, zona rural da cidade. Eles foram executados a tiros em frente a um antigo bar na rua principal. As vítimas foram reconhecidas como moradores da comunidade vizinha, Poço de Pedra. 

A motivação dos três crimes ainda é desconhecida. Nenhum suspeito foi preso até o momento. 


G1/RN

0 comentários: