sexta-feira, 12 de maio de 2017

Em delação, Mônica Moura diz ter recebido pagamentos de caixa 2, Henrique e Garibaldi Alves e Fernando Freire

O Supremo Tribunal Federal liberou nesta sexta-feira (12) os vídeos dos depoimentos à operação Lava-jato dos marqueteiros João Santana e Mônica Moura. Nos depoimentos eles afirmam que receberam pagamentos de caixa 2 de políticos do RN. 

Mônica Moura disse ter recebido pagamentos de caixa dois, durante a campanha do "PMDB" ao governo do Rio Grande do Norte em 2002. 

O ex-ministro Henrique Alves nega ter encontrado Mônica Moura para negociar qualquer campanha. Disse ainda que a versão dela é irresponsável e mentirosa porque ele já chegou à convenção em junho como candidato a deputado federal, portanto, não poderia ter tratado de nenhuma campanha dele ao governo do estado. Ele ressaltou ainda que a campanha dele à Câmara foi conduzida por outros publicitários. 

A marqueteira relatou ainda dificuldades para receber os pagamentos na campanha de 2oo2 e disse que o ex-governador Fernando Freire arranjou o que seria a solução: um empresário da construção civil, amigo de Fernando Freire, pagou com três imóveis em Natal, parte das dívidas de campanha. 

A defesa de Fernando Freire estava com os telefones desligados nesta sexta. O advogado que defende o ex-governador disse na quinta-feira à nossa produção que não iria comentar as delações. 

O ex-governador Fernando Freire está preso há dois anos, na capital potiguar. Ele foi condenado a seis anos de prisão por envolvimento no esquema fraudulento que ficou conhecido como 'máfia dos gafanhotos' e teve uma nova condenação, de 13 anos e 7 meses, pelo crime de peculato. 

O Grupo Capuche informou através da assessoria de imprensa estar à disposição da justiça para colaborar no que for necessário e destacou que não tem conhecimento oficialmente do conteúdo das declarações. 

No mesmo depoimento, Mônica Moura detalhou como o casal de marqueteiros recebeu o convite do senador Garibaldi Alves Filho, também do PMDB, para coordenar a campanha do partido aqui no estado. 

O senador Garibaldi Alves confirmou que indicou mesmo a Fernando Freire o casal de marqueteiros que foi responsável pela campanha vitoriosa dele ao governo do Rio Grande do Norte em 1998. Mas disse que apenas indicou. Garibaldi afirma que não fez nenhum contato com Mônica Moura ou João Santana para tratar da campanha de Fernando Freire. 



G1/RN





0 comentários: